As diferenças culturais no Reino Unido - o que fica?

Quando você vive ou estuda no exterior, não leva muito tempo até que pegue os hábitos culturais do lugar; não apenas o vocabulário, mas também como você age ou reage em algumas situações. Sobre as diferenças culturais no Reino Unido, o que fica?

A Kaplan pediu a alguns de seus ex-alunos no Reino Unido, para destacarem algumas diferenças que notaram em si mesmos. Confira este vídeo que eles criaram, sobre alguns dos hábitos que você pode obter ao estudar Inglês no Reino Unido, e em seguida, leia algumas experiências pessoais.

https://www.youtube.com/watch?v=8R35baSKqZA

Stephanie, da China, disse que além de dizer "please" (por favor), "Thank you" (obrigado) e "cheers" com mais frequência, seus hábitos alimentares mudaram também. Ela agora come comida fria, como sanduíches e saladas com mais frequência.

Wisam, da Síria, descobriu que as pessoas na Inglaterra são muito pontuais, então ele faz um grande esforço para chegar a tempo. Ele também parou de tirar cochilos a tarde, que são muito menos comum no Reino Unido.

Carol, do Egito, começou a dizer "sorry" (desculpe) em muitas situações, é utilizado no Reino Unido em muitas circunstâncias. Algumas das outras novas palavras de seu vocabulário são: "brilliant" (brilhante) e "fantastic" (fantástico), ao invés de "awesome" (incrível), que é mais usado no Inglês Americano.

Nohelia, da Venezuela, encontrou um novo amor: o ciclismo. "A coisa que eu mais amo sobre Londres, é andar de bicicleta e usa-la como meio de transporte. Eu não andava de bicicleta desde que eu era criança. Em minha cidade natal, Caracas, as estradas montanhosas podem te matar antes de chegar ao trabalho. Londres, por outro lado, abriu a possibilidade para mim, é ótimo para manter a forma! "

Yang, da China: “Não me importo de esperar na fila (queuing) “anymore”  (mais).

Charles, do Brasil, absorveu as maneiras educadas dos britânicos, ele tem apreciado uma boa xícara de chá.

Você já notou seus  hábitos mudarem quando se mudou para o exterior? Compartilhe suas experiências culturais nos comentários!

Compartilhe