Meu intercâmbio nos Estados Unidos

Gabriela Cleim é estudante de São Paulo e fez um intercâmbio nos Estados Unidos durante 4 semanas na Kaplan de Santa Barbara, na Califórnia. Pedimos a Gabriela para nos descrever um pouco de sua experiência lá e suas respostas foram super interessantes, dê uma olhada:

1 - Qual era a sua principal motivação para morar fora, antes do seu intercâmbio?
Eu acho que conhecer outra cultura. Assistia filmes e via fotos e a vontade de ir para fora do país só aumentava, ai eu pensei: Por que não juntar o útil ao agradável? Fico um mês na Califórnia para estudar inglês e ao mesmo tempo posso me divertir e conhecer pessoas e lugares diferentes.

2- Quais foram os principais motivos que a fizeram escolher Santa Bárbara, como o destino de estudo?
Bom, eu sabia que eu queria ir para Califórnia, sempre foi meu sonho! Quando fui na agência e falei que queria estudar inglês na Califórnia sozinha, o lugar escolhido era Los Angeles , mas a moça me recomendou uma cidade menor (Santa Bárbara) pois era minha primeira viagem para o exterior e ainda por cima sozinha, Vi as fotos da cidade e comecei a me interessar. Confesso que tinha desanimado um pouco, pois eu queria muito Los Angeles, e se pudesse voltar atrás teria o escolhido, mas não vou dizer que me arrependi. Santa Bárbara é uma cidade linda! Não é tao pequena quanto pensei, tem muitas lojas para quem quer comprar, e as praias são lindas, ah e fica a uma hora e meia mais ou menos de LA, então não era TÃO longe.

3- Como foi a experiência de ter ficado em casa de família? Quais foram as maiores vantagem?
Foi muito legal e diferente! Afinal a família era Mexicana mas morava nos EUA. Tinha muita diferença principalmente na comida! As vezes minha host mom fazia pratos mexicanos.
Tive sorte de ter ficado com eles, pois eles eram bem legais e bem tranquilos, não pegavam no meu pé, deixavam a gente sair sempre era só avisar se ia voltar para a janta ou não. E uma coisa legal é que eu praticava meu inglês quando conversava com eles.

4 - Como era a sua rotina lá?
Minha rotina lá era bem diferente da que teria nas minhas férias no Brasil com certeza!
Nas duas primeiras semanas eu estudava na Kaplan no período da tarde, então eu acordava cedo, comia meu cereal, ia para o ponto de ônibus com minha host sister que por acaso era brasileira e estudava na Kaplan comigo. Chegávamos cedo na escola para dar tempo de almoçar. As aulas acabavam às 17:00, e assim que saíamos da escola, íamos para a praia, que ficava em frente a Kaplan, ou seja, com uma vista maravilhosa! As vezes íamos direto para a State Street, que é a rua principal de Santa Bárbara, onde ficam todas as lojas, restaurantes, barzinhos, cinema e etc.
Lá na State o legal era que você sempre encontrava alguém da escola por lá. E quando não íamos nem para a State ou para a praia, íamos para a casa para tomar banho, jantar e depois sair para alguma festa, que por sinal, tinha todos os dias, ou no campus da universidade UCSB ou nas residências estudantis.

5 - Em 1 mês, como foi a evolução do seu inglês? Se pudesse escolher teria ficado mais tempo?
Como faço inglês há 9 anos, esse um mês que fiquei fora me ajudou a ficar mais segura na hora de falar e conversar com as pessoas. Não vou dizer que não me acrescentou nada, claro que ajudou no meu vocabulário, mas mas acho que um mês é muito pouco para quem quer realmente aprender inglês. Como nunca tive muito contato com estrangeiros acho que esse um mês foi essencial, mas se eu tivesse pensado melhor eu teria esperado acabar o colégio para ficar mais tempo.

6 - Fez muitos amigos? Qual a nacionalidade que você mais se identificou? Você ainda mantem contato com eles?
Fiz muitos amigos, de todas as nacionalidades possíveis! Japonês, Coreano, Italiano, Alemão, Suíço e muito mais! Inclusive brasileiros, que não podiam faltar né!
Até hoje mantenho contato com eles e também com os Brasileiros que de vez em quando marcamos de sair!
Eu acho que não teve uma nacionalidade que me identifiquei mais, pois todos são bem legais e estavam com o mesmo objetivo, que era conhecer pessoas diferentes de outras culturas. Mas claro que sempre tem, aqueles que são mais reservados, como as outras meninas da minha casa, uma era Chinesa e outra era Indiana, mas morava na França, sempre que eu chegava em casa, elas estavam no quarto com a porta fechada, parecia que elas não queriam muito papo.

7 - Você acha que essa experiência terá algum impacto em seu futuro? De que forma?
Com certeza! Foi uma oportunidade incrível, mesmo que por pouco tempo!
Tenho certeza que será um diferencial para mim quando estiver engatando no mercado de trabalho ter uma experiência no exterior conta muito!

8 - Você ainda esta terminando o colégio, certo? Você aconselharia essa experiência para os seus amigos?
Bom, agora eu já acabei, finalmente! Mas respondendo sua pergunta, com certeza! Assim que voltei de viagem saí falando para todos o quanto foi incrível essa experiência, e que se todos tiverem uma chance, eu super aconselho ir!  Quando eu fui eu ainda estava no colégio, então eu só fiquei um mês! Mas eu queria ter deixado para agora, pois ficaria seis meses para mais com certeza!

Sdílej se svými přáteli