10 Coisas para fazer de graça em Vancouver

Em época de  flutuação cambial e com a crescente desvalorização do real em relação ao dólar, estudantes brasileiros estão buscando países com um melhor custo-benefício para o tão sonhado intercâmbio. Vancouver é um destino interessantíssimo para se estudar inglês no exterior. É uma cidade muito especial com atrações que vão de praias a montanhas com neve, parques naturais a grandes projetos arquitetônicos urbanos e ainda já foi cenário para vários filmes e seriados. Vancouver é uma cidade incrível! Considere fazer intercâmbio em Vancoucer e confira nossa lista com 10 coisas para fazer de graça em Vancouver.

Kaplan International English

1) Praias

Sim, Vancouver tem praias! É uma cidade litorânea banhada pelo Oceano Pacífico, suas águas são geladas mesmo no verão, mas tem uma grande vantagem: o sol se põe no mar. Isso significa duas coisas: você pode aproveitar a praia até mais tarde e ver um pôr do sol magnífico.

English Bay é a mais popular., fica a dez minutos do centro da cidade perfeita para fazer uma caminhada ou observar as gaivotas em no inverno. No verão ela fica lotada, todo mundo quer aproveitar um pouquinho do sol. Em English Bay é realizada a tradição do primeiro dia do ano chamada de Polar Bear Swim em que os canadenses mergulham nas águas geladas (lá é inverno!).

Kitsilano ou simplesmente Kits tem a fama de ser a praia mais badalada. Tem uma ótima estrutura com mesas e espaços para fazer barbecues (o churrasco deles!) e piqueniques, quadras de esportes e até uma piscina pública.

Jericho Beach e Spanish Banks são mais distantes e ótimas para quem vai com a família ou quer um lugar mais tranquilo, sem muito movimento.

O acesso para Wreck Beach é uma trilha e uma longa escadaria (cerca de 500 degraus), a vista é linda e as roupas são opcionais. Sim, você leu isso mesmo, é uma praia de nudismo.

2)  Stanley Park

Stanley Park é o primeiro e o maior parque de Vancouver. São 400 hectares de floresta tropical com muita coisa legal para ver e fazer. Ele tem vários pontos de referência que valem a visita. Um de seus jardins, Shakespeare Garden é uma homenagem ao famoso escritor e poeta. Inclui árvores mencionadas nas peças e poemas do autor e você ainda pode conferir as citações nas placas. A Lost Lagoon era um pântano e foi transformado em um lago de água doce em 1938, servindo de santuário para muitas espécies de aves. A Siwash Rock é um afloramento de rocha de 32 milhões de idade, ou melhor, uma pilha enorme de rocha dentro do mar, paisagem imperdível! Além da vista incrível, o parque também é residência de muitos animais silvestres como esquilos, guaxinins, castores, focas e garças, entre outros.

Kaplan International English

3) Seawall

Seawall é um calçadão pavimentado à beira do mar. Com 22 quilômetros de extensão, é dividido em duas seções: uma para caminhar e correr, outra para bike e patins. Ele começa em Coal Harbour, passa pelo Stanley Park, pela English Bay e vai até a Kitsilano Beach.

4) Lynn Canyon Park

Lynn Canyon Park é um parque natural em torno de um desfiladeiro no meio das montanhas. Há muitas trilhas para caminhadas, longas e curtas, e algumas terminam em lugares incríveis como uma cachoeira onde você pode nadar. Tem também várias áreas e espaços para piqueniques, então leve um lanchinho na mala, descanse e aproveite a vista. A grande atração do Lynn é a sua ponte suspensa de 50 metros. A ponte é estreita e balança bastante, mas vale a pena a visita.

1082432_10151533790512592_1678796270_o

5) Gastown

Gastown é um bairro super charmoso e o ponto onde se originou a cidade. Suas ruas são de paralelepípedos, postes de estilo da era vitoriana e prédios construídos com tijolinhos vermelhos. Ali nasceu o primeiro centro comercial de Vancouver. Atualmente as ruas são arborizadas e há diversos restaurantes, pubs e lojas turísticas. O marco é um relógio a vapor, fabricado em 1875, o mais antigo em funcionamento.

 

6) Vancouver Public Library

À primeira vista, a sede central da Biblioteca Pública de Vancouver lembra o Coliseu de Roma. São nove andares com janelas amplas que culminam no chamado teto verde da paisagista Cornelia Oberlander. A arquitetura do prédio é fantástica e só por isso já valeria a visita. Mas segundo uma pesquisa realizada em 2013 pela Universidade Heinrich Heine Dusseldorf da Alemanha, a Vancouver Public Library está entre as melhores do mundo.

Kaplan International English

7) Granville Island

Antigamente Granville Island abrigava as fábricas de Vancouver e foi restruturada nos anos 70 para virar um centro de entretenimento. Você pode sentar nos bancos e aproveitar a paisagem ou curtir um som com um dos artistas de rua. Se interessa por gastronomia e gosta de conhecer coisas novas? Então não deixe de conhecer o Granville Island Public Market. Lá você encontra de tudo um pouco, queijos, carnes, embutidos, frutos do mar, frutas exóticas, entre outros. Os fornecedores locais costumam oferecer produtos para você provar e ficam felizes quando são aceitos.

8) Contemporary Art Gallery

A Galeria de Arte Contemporânea dedica-se a exposição, educação e documentação da arte visual contemporânea, com preferência por artistas canadenses e internacionais que contribuam diretamente para a cena local. A galeria é pequena e trabalha com arte contemporânea, inclusive obras multimídias e intervenções. Fique de olho nos horários pois ela abre apenas de tarde.

9) Chinatown

Chinatown é um dos bairros mais coloridos de Vancouver. Você pode ter contato com a cultura oriental, com restaurantes e lojas. Um dos grandes destaques é o Dr. Sun Yat-Sen Classical Chinese Garden. A entrada para o jardim é paga, mas você pode aproveitar o Dr. Sun Yat-Sen Park que é gratuito!

10)  Canada Place

Canada Place é um pavilhão situado a beira mar com velas brancas em sua arquitetura. Tem várias lojas, restaurantes e cafés. A vista é muito bonita e rende várias fotos interessantes. Do calçadão de Canada Place você consegue ver o Stanley Park, Gastown, entre outros. É um dos cartões-postais de Vancouver.

A preocupação com os gastos é uma constante na hora de estudar inglês no exterior, recebemos muitas mensagens procurando por intercâmbio barato. A dica é: não é preciso adiar os planos ou muito menos esquecê-los, a simples troca de local pode garantir uma economia até 50% na hora de estudar inglês no interior. E também não dá pra abrir mão da qualidade do ensino, educação é investimento e você só terá retorno se optar pela melhor escola de inglês e se esforçar para aprender ao máximo durante a sua temporada no exterior.

Kaplan International English

Países com Canadá, Austrália e Nova Zelândia tem cada vez mais despertado o interesse dos estudantes brasileiros. Todos esses países apresentam altos índices de segurança e qualidade de vida, oferecem ínumeras opções de lazer e entretenimento ao mesmo tempo que oferecem um custo de vida mais econômico.

Se este é o destino dos seus sonhos, considere estudar Inglês na Kaplan International em Vancouver ou em outra das nossas mais de 42 escolas de Inglês Kaplan International English ao redor do mundo. Com certeza temos um curso que se encaixa no que você procura.

Fique de olho na hashtag #KaplanExperience e acompanhe as aventuras dos nossos alunos pelo mundo.

 

  •  
Поделиться
другие статьи