Como obter um visto para um país de língua inglesa

Se você vai estudar inglês no exterior, você provavelmente vai precisar tirar um visto. Para alguns lugares como a Irlanda ou Reino Unido, esse processo é um pouco mais fácil para os brasileiros, mas mesmo assim é necessário ter os documentos corretos em mãos na hora de ir a um consulado ou passar na imigração. Nós lhe daremos aqui algumas dicas valiosas para que esse processo ocorra sem problemas!

Antes de irmos para os vistos de cada país, descrevemos alguns pontos gerais. Você pode solicitar um visto de duas maneiras: sozinho ou com a ajuda das nossas agências parceiras que oferecem suporte de visto. A própria Kaplan não presta esse serviço, porque é uma escola, não uma agência de vistos. Mas em ambos os casos, você receberá de nós os documentos de apoio que você precisará enviar à embaixada.

Se lhe for recusado um visto (o que é raro), a Kaplan reembolsará o valor integral do seu programa, exceto pela entrega de documentos por correio, caso este seja necessário (US $ 75, no caso dos EUA, £35 no caso do Reino Unido, AUD85 para a Austrália e NZ$85 para a Nova Zelândia) e taxas de registro (US$185 para os EUA, £120 para o Reino Unido, €140 para a Irlanda, AUD 260 para a Austrália e NZ$260 para Nova Zelândia). Mas, caso isso ocorra, você pode reutilizar a taxa de inscrição já paga, se você decidir solicitar novamente um visto ou reservar um curso da Kaplan em outro país, portanto que essa solicitação seja feita com não mais de 1 ano da data de matrícula. Mas não se preocupe antecipadamente! A Kaplan é uma organização educacional comprovada e experiente que está no mercado há muito tempo e possui todas as acreditações necessárias perante os consulados. Isso aumenta muito suas chances de conseguir um visto.

A Kaplan não pode avaliar suas chances de obter um visto ou verificar a validade de um formulário de inscrição preenchido. Mas se você tiver uma pergunta, de que tipo de visto precisa, onde encontrar uma lista de documentos, etc., pode perguntar com segurança aos consultores das nossas agências parceiras sobre tudo. Eles estão mais do que preparados para ajudar.

Agora nós voltamos para as informações básicas sobre vistos para cada país.

Estados Unidos

EUA

Se você estiver indo para a América e já tiver um visto de turista válido, poderá estudar no curso de inglês geral (20 aulas por semana, 15 horas por semana), por até 3 meses. Para outros cursos, você precisará obter um visto de estudante. Aconselhamos você começar o processo de retirada de visto pelo menos 3 meses antes do início do seu curso, para que não ocorra problemas quanto a tempo e demora. O visto de estudante deve retirado ainda no Brasil, em um consulado americano. Uma das etapas da retirada do visto é uma entrevista presencial. No Brasil, os consulados estão presentes nas seguintes cidades: São Paulo, Brasília, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Após fazer a matrícula com a Kaplan e fazer o pagamento total do curso, nós enviaremos a você a carta de confirmação da sua matrícula, assim como o documento I-20, que comprova sua matrícula conosco.

Assim que receber o seu I-20(você receberá o original por correio e precisará levar este no dia da sua entrevista), você precisará pagar a taxa SEVIS. Após o pagamento, é necessário que você preencha o formulário DS-160. Ao concluir esta etapa, você já pode entrar no site da embaixada para fazer o agendamento da sua entrevista. Após o agendamento, compareça aos pontos de coleta de dados biométricos e entrevista. Não esqueça de levar toda a documentação necessária:

  •     Seu passaporte válido por pelo menos seis meses da data da viagem e passaportes anteriores;
  •     Uma foto 5 x 7 recente (tirada nos últimos seis meses)  com fundo branco;
  •     A página de confirmação do formulário DS-160 com código de barra;
  •     Os recibos do Citibank de pagamento da taxa de solicitação de visto (http://portuguese.brazil.usembassy.gov/pt/newmrv.html);
  •     O comprovante de agendamento da entrevista do CSC;
  •     Aplicando para o visto F1, os estudantes devem trazer o recibo do SEVIS e o I-120; 
  •     Os solicitantes que forem ao Consulado em Recife têm que trazer no dia da entrevista um envelope de SEDEX pré-endereçado (de plástico amarelo, tamanho médio). No caso dos vistos serem aprovados, os passaportes serão devolvidos no envelope sedex fornecido. Aqueles que estiverem solicitando vistos com seus familiares devem trazer apenas um envelope.

Para saber mais sobre o visto americano, clique aqui.

Canadá

Para o Canadá, estudantes que querem fazer menos de 6 meses podem ir com o visto de turista. Caso você já tenha o visto americano emitido ou teve um visto canadense emitido nos últimos 10 anos, você pode ter a oportunidade de fazer um eTA.

O valor é de baixo custo, apenas 7CAD$, através no site canadense, e leva apenas alguns minutos. 

Caso você queira estudar mais de 6 meses, precisará fazer a solicitação do visto de estudante. Os documentos que você precisará levar são:

  • Passaporte com validade mínima de 6 meses.
  • Passaportes anteriores (se tiver).
  • Formulários Residente Temporário e Questionário de Informações Adicionais preenchidos e assinados.
  • 2 fotos 3 x 5 recentes coloridas, com fundo branco, sem óculos.
  • Cópia da última Declaração do Imposto de renda completo com o recibo de entrega.
  • Cópia do extrato bancário.
  • Cópia dos 3 últimos holerites.
  • Cópia de toda documentação de quem está pagando a viagem e comprovante de escolaridade, se menor autorização de viagem dos pais com, firma reconhecida.
  • Formulário de Permissão de Estudoanexar carta original de aceitação da escola canadense e o passageiro deverá se submeter a exame médico realizado com médico credenciado no consulado canadense.

Para saber mais sobre os documentos para o visto canadense, clique aqui.

uk

Reino Unido

Para o Reino Unido, pode ser um pouco mais simples, já que para brasileiros que querem estudar cursos de inglês por até 6 meses (com qualquer carga horária), não precisam tirar nenhum visto prévio no Brasil. Ao fazer a imigração ao chegar no Reino Unido, você precisará apenas mostrar seu passaporte e a carta de confirmação de matrícula da escola. Lá mesmo, o oficial de imigração fará algumas perguntas sobre sua estadia no país e decidirá se você poderá passar ou não. Por isso, aconselhamos levar o maior número de documentos possíveis, como carta de confirmação de acomodação ( enviada pela Kaplan, caso você compre a acomodação conosco), seguro viagem, passagem de volta,comprovação de recursos financeiro para a sua estadia, etc, além de saber quaisquer detalhes que possam ser perguntados pelo oficial.

Já para alunos que querem ficar mais de 6 meses, o visto indicado é o Short-term visa e é necessário que seja tirado ainda no Brasil. Você precisará entregar os documentos e tirar os dados bionétricos em um dos centros de solicitação, que ficam em Brasília, São e Rio de Janeiro.Aconselhamos que você inicie o processo de solicitação do visto pelo menos 3 meses antes da data de início. Você precisará:

  • De um passaporte com pelo menos 6 meses de validade da sua data de volta
  • Evidência financeira de que você pode se sustentar pelo tempo que irá ficar no Reino Unido( por exemplo, extratos bancários), seu ou de um responsável
  • Detalhes de onde você pretende ficar e pra onde deseja viajar ( A Kaplan enviará sua confirmação de acomodação, caso você compre acomodação conosco)
  • Comprovação que está matriculado em uma escola de inglês( A Kaplan enviará sua confirmação de matrícula)
  • Comprovante de vacina de tuberculose (caso seja aplicável)
  • Caso seja menor de 16 anos, detalhes de contato de um pai ou responsável
  • Traduções juramentadas de documentos que não estiverem em inglês

Você pode saber tudo com mais detalhes,aqui

Irlanda

É ainda mais simples para a Irlanda. Para cursos de até 3 meses, similar ao visto de até 6 meses no Reino Unido, os alunos receberão um carimbo no passaporte no momento da imigração na entrada do país. É necessário que você tenha um passaporte válido e comprovante de matrícula da instituição que irá estudar ( A Kaplan também enviará sua comprovação antes da viagem) e comprovação financeira com o valor mínimo de 500 euros ppr mês. Outros documentos como comprovação de acomodação e seguro viagem, podem ser solicitados neste processo. 

Como sabemos, é possivel trabalhar meio período na Irlanda como estudante, com cursos de mais de 25 semanas em escolas acreditadas pelo governo irlandês( A Kaplan é uma delas).

Todo o processo de aplicação para o visto é realizado após a chegada ao país, não sendo necessário fazer nenhum cadastro prévio ao embarque. Você irá receber um visto temporário de um mês na imigração do aeroporto, e, dentro desse período, deverá providenciar todos os documentos necessários para a aplicação do visto Stamp 2, que incluem:

  • Carta comprovante da escola, estabelecendo que você está matriculado em um curso de carga horária mínima de 15 horas por semana;
  • Comprovante de seguro governamental ou médico privado de uma empresa estabelecida na Irlanda;
  • Comprovação de situação financeira (3 mil euros comprovados em extrato bancário);
  • Comprovante de endereço; 
  • O pagamento de 300 euros pelo registro do Irish Residence Permit  – IRP.
  • Com os documentos em mãos, o estudante deve agendar um horário para ir à imigração e solicitar o Stamp 2, que pode ser renovado até duas vezes. 

Você pode saber mais detalhes aqui.

Austrália

Para cursos com até 12 semanas de duração, o brasileiro pode viajar para a Austrália com o visto de turista. Este visto pode ser tirado online. O visto tem duração de um ano, porém o tempo máximo que você pode ficar com ele, na Austrália, são 3 meses. 

Já para brasileiros que querem estudar mais de 14 semanas (e terem permissão para trabalhar meio período), é necessário alguns documentos. O processo também é feito online, através do sistema do departamento de imigração, antes do embarque. 

Os documentos exigidos devem ser apresentados digitalizados e em inglês. 

Para ter direito ao visto, o estudante precisa estar matriculado em um curso registrado no CRICOS( A Kaplan é uma das escolas credenciadas), comprovar sua situação financeira (valor mínimo de AU$1,761 para cada mês em que o aluno for viver no país) e comprovar vínculo empregatício no seu país de origem, caso exista. É importante salientar que o dinheiro deve estar em uma conta que permita a retirada imediata dos fundos, seja essa uma conta corrente ou poupança.

A aplicação para o visto deve ser feita com pelo menos 90 dias úteis antes do embarque. A lista de documentos que deve ser apresentada varia de acordo com cada curso, mas geralmente inclui:

  • Cópia colorida de documentos de identidade (RG ou CNH e passaporte); 
  • CoE (Confirmação de Matrícula), fornecido pela sua agência após pagamento integral do curso;
  • OSHC (seguro de saúde australiano), fornecido pela sua agência após pagamento integral do curso;
  • Documentos para comprovar suporte financeiro, que incluem: carta do responsável com firma reconhecida informando que irá providenciar suporte, imposto de renda completo ou holerites e extratos bancários dos últimos 03 meses.

Para saber mais detalhes sobre visto para Austrália, clique aqui.


Conteúdo relacionado:

Perguntas frequentes sobre a Kaplan

Faça o download da nossa brochura gratuitamente e saiba mais sobre nossos destinos e cursos


Nova Zelândia

nz

Similar à Austrália, os brasileiros que quiserem estudar até 12 semanas poderão ir com o visto de turista. O processo também é feito online. Já para estudar mais de 14 semanas (e também ter permissão de trabalho), precisarão pagar uma taxa de NZD 230(mais taxas adicionais) e também farão todo o processo online. Em Auckland, é necessário que as escolas sejam registradas e certificadas pelas autoridades do país na categoria 1, para que os alunos possam receber esse visto. A Kaplan é uma dessas escolas e pode receber estudantes brasileiros que gostariam de trabalhar no país.

O visto tem duração proporcional ao curso, ou seja, caso você tenha se matriculado em um curso de seis meses, seu visto terá seis meses de duração. 

Segundo as regras atuais, os estudantes brasileiros tem permissão para trabalhar 20 horas semanais durante sua estadia na Nova Zelândia, e caso seu curso tenha mais de 12 meses, é permitido trabalho em período integral durante as férias do curso.

A documentação para aplicar para o visto de estudante para cursos acima de três meses inclui:

  • Passaporte (válido até no mínimo três meses após a data de saída da Nova Zelândia);
  • Uma foto 3x4 recente;
  • Formulário de comprovação financeira, assinado pela pessoa que estiver financiando o curso e pelo gerente de seu banco;
  • Recibo da escola comprovando pagamento integral do curso;
  • Comprovação financeira através de 6 extratos bancários, referente a seis meses anteriores à aplicação do visto, que comprovem NZD 1,250 para cada mês de permanência na Nova Zelândia;
  • Exame médico (apenas necessário para quem for permanecer na Nova Zelândia por mais do que 6 meses). 

É importante salientar que os formulários médicos devem ser preenchidos por um médico credenciado pela Imigração da Nova Zelândia. Também note que todos os documentos que não estiverem em inglês (exceto documentos relacionados à comprovação financeira) deverão ser apresentados junto com uma tradução juramentada. A renovação do visto neozelandês deve ser feita no posto de imigração mais próximo, não sendo necessário sair do país para fazer a aplicação. 

Para saber mais sobre o visto da Nova Zelândia, clique aqui.

Esperamos que com nossas dicas vocês se sintam mais seguros ao aplicar para um visto no destino que você gostaria de estudar. Lembramos que é sempre aconselhável entrar em contato diretamente com o consulado, ou com um despachante de visto ou uma das nossas agências parceiras, para saber mais informações e fazer a aplicação do seu visto, pois as regras podem mudar e eles estão sempre a par das mudanças.

 

Entre em contato

 

Paylaş
İlgili Makaleler